Governador Interino David Almeida Dispara...

Governador Interino David  Almeida Dispara...

Em recado expresso aos caciques políticos do Amazonas e a seus colegas de parlamento, o governador David Almeida (PSD), presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), disse ontem à noite, em Parintins, horas depois de chegar à cidade para assistir ao segundo dia de disputa dos bumbás Garantido e Caprichoso:

“Se a eleição for indireta, o governador será um deputado estadual porque a Assembleia parou de ser mandada. Eu não acredito que os deputados da Assembleia se prestarão ao serviço de serem pau- mandado. Na Assembleia, quem manda são os deputados. Esse é um recado para aqueles que pensam que mandam na Assembleia. Quem manda na Assembleia são os deputados”.
A declaração feita em entrevista em exclusiva ao BNC, nos bastidores do festival, ao ser provocado pelo site a comentar a decisão da última quarta-feira, dia 28, do ministro do STF Ricardo Lewandowski, que suscitou interpretação de que ele teria que deixar o cargo.

“Eu estava muito leve na quinta-feira. Eu disse: ‘vou entregar hoje’? (o comando do Estado) Eu não tenho, eu não carrego egos e vaidades, muito menos ambições. Eu, se for para sair amanhã, eu estou muito tranquilo, porém eu vou trabalhar como se fosse sair amanhã, mas com a certeza que pode ser uma eternidade. Eu vou me dedicar ainda mais em ajudar o povo do Estado do Amazonas e não tenho problema nenhum em entregar o governo a quem quer seja”.
No bumbódromo, David Almeida evitou contato com os senadores Eduardo Braga (PMDB) e Omar Aziz (PSD), presidente de seu partido, que estavam em camarotes vizinhos de onde ele dava a entrevista e onde estão os melhores pontos para se assistir à festa.

Assim que deu a entrevista, o governador deixou essa área do bumbódromo e foi para o seu camarote, que fica no quinto andar do local.

 

Foto: BNC/internet

Matéria reproduzida: BNC Amazonia: