Brasileiros dominam bônus de performances do UFC Long Island

Brasileiros dominam bônus de performances do UFC Long Island

Brasileiros dominam bônus de performances do UFC Long Island

Com seis representantes e três vitórias no UFC Long Island, o Brasil também dominou os bônus de performances do evento deste sávado (22). Todos os prêmios dados pelo Ultimate envolveram algum brazuca. O peso meio-médio Elizeu Capoeira, que venceu Lyman Good na decisão dividida, ganhou, junto do norte-americano, a premiação de Luta da Noite. Já Alex Cowboy e Júnior “Baby” Albini ganharam Performances da Noite por seus nocautes.

Brasileiros dominam bônus de performances do UFC Long Island

Os quatro lutadores irão receber US$ 50 mil a mais de bônus em seus salários pelas lutas. Cowboy e Albini tiveram as principais performances entre os brasileiros e conseguiram nocautes brutais nas preliminares sobre Ryan LaFlare e Timothy Johnson, respectivamente. “Baby” fazia sua estreia no Ultimate e conseguiu uma vitória sobre o 12º colocado no ranking dos pesados. Já Cowboy superou o 14º do meio-médio e a expectativa é que ambos entrem entre os 15 melhores de suas categorias na próxima edição dos rankings.

Brasileiros dominam bônus de performances do UFC Long Island

Elizeu Capoeira sofreu com o ex-campeão do Bellator. Em luta bastante equilibrada, muito emocionante e cheia de reviravoltas, o brasileiro acabou ganhando uma decisão dividida. Os dois trocaram golpes na curta distância durante 15 minutos e quase nocautearam um ao outro em diversas oportunidades. No fim, dois dos tres juízes viram vitória do brazuca.

Link da luta principalhttps://www.youtube.com/watch?v=iFBbVYZDNtw&t=26s

Resultados UFC on Fox 25 – Weidman x Gastelum

CARD PRINCIPAL

Chris Weidman (EUA) venceu Kelvin Gastelum (EUA) por finalização/katagatame (terceiro round, 3:45)

Darren Elkins (EUA) venceu Dennis Bermudez (EUA) por decisão dividida dos jurados (duplo 29-28 e 28-29)

Patrick Cummins (EUA) venceu Gian Villante (EUA) por decisão dividida dos jurados (duplo 29-28 e 28-29)

Jimmie Rivera (PUR) venceu Thomas Almeida (BRA) por decisão unânime dos jurados (29-28, 30-27 e 30-26)

CARD PRELIMINAR

Elizeu Capoeira (BRA) venceu Lyman Good (EUA) por decisão dividida dos jurados (duplo 30-27 e 28-29)

Eryk Anders (EUA) venceu Rafael Sapo (BRA) por nocaute (primeiro round, 2:54)

Alex Cowboy (BRA) venceu Ryan LaFlare (EUA) por nocaute (segundo round, 1:50)

Chase Sherman (EUA) venceu Damian Grabowski (POL) por decisão unânime dos jurados (30-26 e duplo 30-27)

Jeremy Kennedy (CAN) venceu Kyle Bochniak (EUA) por decisão unânime dos jurados (duplo 30-27 e 29-28)

Marlon Vera (EQU) venceu Brian Kelleher (EUA) por finalização/chave-de-braço (primeiro round, 2:18)

Júnior Baby Albini (BRA) venceu Timothy Johnson (EUA) por nocaute técnico (primeiro round, 2:51)

Shane Burgos (EUA) venceu Godofredo Pepey (BRA) por decisão unânime dos jurados (duplo 30-26 e 29-28)

Chris Wade (EUA) venceu Frankie Perez (EUA) por decisão unânime dos jurados (duplo 29-28 e 30-27)

 

Fotos: Internet

Fonte: Super Lutas(João Vitor Xavier) / torcedores.com