Alessandra Campêlo cobra pagamento de aluguel social no Prosamim da Cachoeira Grande

Alessandra Campêlo cobra pagamento de aluguel social no Prosamim da Cachoeira Grande

Uma audiência pública será convocada pela deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) para debater a situação dos ex-moradores da área do Prosamim da Cachoeira Grande, no bairro do São Geraldo, em Manaus. O assunto veio à tona durante o pequeno expediente desta terça-feira, 18 de abril, na Assembleia Legislativa do Amazonas.Alessandra Campêlo cobra pagamento de aluguel social no Prosamim da Cachoeira Grande

 Segundo a parlamentar, cerca de 70 famílias estão sem receber o aluguel social do Governo do Estado desde o início do ano. O drama os moradores começou em 2012, quando foram iniciadas as obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

 “Essas pessoas foram desalojadas em 2012 para que lá fosse construído um Prosamim e que o mesmo ficaria pronto em 2014. O Governo negociou não indenizá-las pelas casas, mas sim dar um apartamento no Prosamim para cada um”, relatou Alessandra.

 Após o acordo, os moradores da Cachoeira Grande passariam a receber um aluguel social no valor de R$ 400 por mês. No entanto, o benefício não é pago mediante depósito pela Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) há quatro meses.Alessandra Campêlo cobra pagamento de aluguel social no Prosamim da Cachoeira Grande

 “As pessoas saíram de suas casas próprias e passaram a morar de aluguel, no entanto, passados cinco anos esse Prosamim sequer saiu da fase de terraplanagem. Além de não entregar a obra, o Governo também não paga o aluguel social. É um absurdo”, disse a deputada do PMDB.

Assessoria de Comunicação – Deputada Alessandra Campêlo

Jornalista responsável: Emanuel Mendes Siqueira